Pasar al contenido principal
PMEs: Dicas essenciais para escolher o WMS
Por Isabelle Badoc
on 23 Mar 2017 12:45 AM

Para manter a competitividade do negócio, tornou-se vital gerir as soluções multicanal e todas as partes móveis da cadeia logística. A transformação digital atual permite que as soluções logísticas inovadoras existentes estejam acessíveis e disponíveis a todos, especialmente no modelo SaaS (Software as a Service), e as PMEs podem  tirar partido de todas as diferentes opções disponíveis. Anteriormente, estes recursos inovadores estavam maioritariamente disponíveis para as grandes empresas, mas, hoje em dia, existem soluções adaptáveis a qualquer tipo de dimensão de negócio, permitindo às PMEs usufruir de vantagens competitivas. Ter um Sistema de Gestão de Armazém (WMS) pode aumentar significativamente a eficiência, reduzir custos desnecessários e agilizar os fluxos de trabalho, desde que se faça uma pesquisa adequada e se escolha a melhor opção para o seu negócio.

 

Facilidade de instalação e utilização

A primeira evidência a ter em conta quando se procura um WMS é a sua facilidade de utilização. Associado a isto está também o tempo despendido desde a implementação da solução até à fase de funcionamento, os recursos necessários e o tempo necessário para formação dos colaboradores. As PMEs querem uma ferramenta de rápida instalação, pronta a funcionar no menor tempo possível e que não exija muito tempo de formação. Quanto mais tempo for necessário para instalar o sistema, mais tardará a alcançar a concorrência. Um bom sistema irá exigir pouca formação, mesmo para os colaboradores sem experiência de utilização da tecnologia, e será extremamente user-friendly. Menus de fácil acesso, um painel de controlo simples e claro, uma ferramenta que permita não só a eficiência dos colaboradores, mas também de toda a empresa, e a um nível internacional se for necessário.

 

Máxima funcionalidade

O objetivo do WMS é facilitar a vida de todos os envolvidos, executando processos específicos do negócio da uma empresa através de uma plataforma. Desta forma, é importante saber de que forma o WMS pode ajudar o seu negócio em específico, e como irá agilizar corretamente os seus processos. Um bom sistema de gestão de armazém terá a abilidade de ajudar a resolver todas as problemáticas e fornecer uma solução de forma organizada. Os processos de negócio, os desafios e as estratégias devem ser claramente identificados antes de se proceder à escolha do WMS, para garantir que a opção escolhida cobre todas  necessárias as necessidades organizacionais da empresa. Resumindo, precisa de um sistema de gestão de armazém que torne o seu negócio mais eficiente, e, por conseguinte, mais rentável, exigindo o mínimo de assistência técnica.

 

Flexibilidade e integração do WMS

A flexibilidade de um sistema de gestão de armazém tem um papel de elevada importância pois qualquer PME tem como objetivo crescer e expandir o seu negócio, e para isso, precisa de ferramentas digitais que acompanhem o seu crescimento. Ninguém quer ficar preso a uma ferramenta que rapidamente se torna obsoleta e não se integra com as novas ferramentas que surjem no mercado. Procure um WMS que possa ser integrado com diferentes ERPs e utilizado por diferentes modelos de negócio. A ferramenta que procura deverá ser flexível o suficiente para acompanhar o crescimento da sua atividade e não custar-lhe mais dinheiro a longo prazo.
 

Acessibilidade

Quando falamos em acessibilidade, falamos simultaneamente na capacidade do sistema para integrar os processos de negócio da empresa, assim como a facilidade de acesso por qualquer colaborador. Um excelente sistema irá gerir uniformemente todas as atividades em armazém, os recursos humanos, produtos e movimentações, permitindo uma fácil análise da eficiência dos colaboradores e do inventário. As PMEs precisam de encarar o WMS como uma ferramenta que permite maior visibilidade de todos os processos, através de uma única plataforma, com capacidade de aceder a todo o tipo de dados da empresa, processando-os de forma eficiente.
 

GOSTOU DESTE ARTIGO?

Isabelle Badoc

Expert in Supply Chain, Warehouse Management, Transport Management, e-commerce Logistics …