Pular para o conteúdo principal
ayming supply chain
Por Laurence DUGUÉ
on 20 May 2019 5:00 PM

Embora seja uma grande prioridade para os varejistas, a digitalização da Supply Chain e a maneira como ela está sendo orquestrada variam um pouco. Quais são os desafios e como garantir uma transformação digital bem-sucedida? A empresa de consultoria Ayming, especializada em melhorar o desempenho da empresa, lança alguma luz sobre o assunto.

 

O papel de Ayming na transformação digital das empresas

Presente em 16 países, a consultoria Ayming presta serviços em 3 áreas: inovação e financiamento, recursos humanos e otimização da cadeia de valor operacional.

A empresa auxilia empresas na transformação digital de suas operações de várias maneiras:

● gestão da inovação para empresas que buscam se destacar;
otimização operacional das empresas e suas compras;
● implementação de ferramentas de TI para melhorar as vendas;
● melhoria da cadeia de valor da empresa, desde a produção até as vendas.

A Ayming trabalha principalmente com empresas de médio porte que atuam na indústria, prestação de serviços (bancos e seguros) e varejo. Para otimizar a Supply Chain de seus clientes, os consultores da Ayming intervêm em 4 áreas:


Leia também: Quais são as economias esperadas do uso de um TMS?

 

Onde está a digitalização das empresas de varejo?

Especialistas da Ayming descobriram que a digitalização da Supply Chain varia e isso é sem dúvida ainda mais evidente no setor de varejo. A explicação é simples: os varejistas de hoje precisam atender às crescentes demandas de seus clientes, fornecendo soluções adaptadas às suas necessidades.

Até agora, a digitalização era um serviço adicional fornecido como uma vantagem estratégica. Atualmente, as empresas estão cientes da necessidade de se tornarem digitais se quiserem permanecer competitivas. Prova disso são os pure players que procuram estabelecer a qualquer custo e, sem um segundo, atrasar sua presença on e off-line.

Por um lado, temos sites de e-commerce, como Spartoo e Amazon, adquirindo as empresas André e Whole Foods Market, respectivamente. E por outro lado, a Monoprix colocou as mãos na loja online Sarenza. O desafio: aproveitar ao máximo os modelos on e off-line e focar em como eles se complementam para aumentar a eficiência e a flexibilidade e oferecer aos clientes soluções personalizadas para suas necessidades.

Para a empresa de consultoria Ayming, a digitalização da Supply Chain atende aos requisitos atuais:

● a velocidade do fluxo de mercadorias;
● uma visibilidade geral do inventário para responder melhor às expectativas dos clientes em termos de opções de entrega;
● um sistema de gerenciamento de informações capaz de notificar com precisão os clientes sobre as datas e os horários de entrega de seus pedidos e de quaisquer atrasos.


Leia também: VMI: passe para o gerenciamento de estoque colaborativo!

 

Escolhendo uma plataforma colaborativa

Segundo Ayming, quando se trata de escolher uma solução digital, o primeiro requisito a ser cumprido no varejo é a experiência do cliente. Em uma experiência do cliente omni-channel, os clientes exigem processos contínuos on e off-line, bem como total transparência dos diferentes estágios entre o posicionamento do pedido e a entrega.

Para atender a essa demanda, as empresas devem ter sistemas interconectados com um número crescente de funções integradas. Objetivo: cumprir rapidamente os pedidos sem complicações, independentemente de os clientes terem finalizado suas compras on-line ou em um ponto de venda. No entanto, o objetivo também é proporcionar às empresas visibilidade das operações realizadas internamente e em sua rede de parceiros.

A Amazon gerencia centenas de milhares de referências distribuídas entre diferentes sites e, para elas, ter uma visibilidade abrangente dos produtos que seus fornecedores e parceiros de negócios têm disponível é primordial. A implementação de sistemas de informação e plataformas colaborativas tornou-se essencial para empresas que agora precisam informar seus clientes sobre disponibilidade de produtos e prazos de entrega.


Sobre o mesmo assunto:Ecossistema habilitado por plataforma: o futuro da supply chain?


Para permitir que as empresas passem por sua transformação, a Ayming entra em cena antes da integração de soluções digitais para otimizar os processos operacionais. Essa etapa permite que a empresa avalie se a empresa configurou ou não os modos corretos de operação antes de implementar uma plataforma colaborativa. Objetivo: implementar processos eficientes e, portanto, mais acessíveis.

 

Hoje, Ayming escolheu combinar suas habilidades de consultoria com o know-how de soluções de logística colaborativa da Generix. Graças à velocidade e flexibilidade da solução Generix Supply Chain Hub, Ayming procura reduzir o tempo e os esforços que as empresas precisam para implementar uma poderosa solução digital de Supply Chain. Inspirado por esta parceria? Clique no botão abaixo para entrar em contato com nossos especialistas e receber informações sobre a solução Generix Supply Chain Hub!

 

Entre em contato com especialistas da Generix Group

Laurence DUGUÉ

VP Alliances & Channel