Gestão de Armazéns - desafios a gerir operadores e empilhadores

Publicado a 6 Dezembro 2018

WMS
laurent_cochet
COCHET
Laurent
Senior Principal Consultant
Categorias
Armazém

Na cadeia de abastecimento, os desafios enfrentados pelos chefes de armazém são muitos. Com o aumento do e-commerce e o consequente crescimento de volume de pedidos torna-se imprescindível uma melhor gestão por parte dos responsáveis de armazém, ainda mais se considerarmos que os pedidos médios variam entre 1 a 3 itens. Todas as variáveis são consideradas e os intervenientes no processo de armazenamento são peças fundamentais para o sucesso da cadeia de abastecimento  É o caso, por exemplo, da gestão dos operadores de empilhadoras. Face ao número crescente de pequenos pedidos, como podemos efetivamente organizar as equipas de operadores de empilhadoras?  

 Trabalhando frequentemente em equipa, os operadores de empilhadora são responsáveis por movimentar as empilhadoras para armazenar, transferir e remover itens. Liderados por um líder de equipa, realizam toda a manutenção e movimentação de produtos para responder às necessidades dos destinatários, preparadores de pedidos, transportadores e motoristas.  

Solução
generix_wms_e_logistics

WMS e-Logistics

Consulte a página dedicada para conhecer todas as funcionalidades e muito mais Descobrir
Siga-nos

A gestão de operadores logísticos de empilhadoras

Para os chefes de armazém, a gestão de operadores de empilhadoras significa uma distribuição ideal de recursos de acordo com prioridades: atribuição de veículos disponíveis, distribuição de tarefas para operadores no local. Tudo com um objetivo comum: transportar as mercadorias o mais rápido possível. Portanto, por uma questão de eficiência, deve  haver uma visão geral do armazém e como este está organizado. 

O que precisam os gestores de armazém?

Para organizar as tarefas dos operadores de empilhadoras, os chefes de armazém precisam ter uma boa visibilidade das operações atuais e futuras. Para isso, os gestores de armazém precisam: 

  • Ter uma visão geral das tarefas atuais dos operadores de empilhadoras; 
  • Ter acesso a informações detalhadas sobre as operações de cada tipo de movimento (armazenamento, liquidação, fornecimento e picking, transferência de mercadorias, acoplamento); 
  • Distribuir eficazmente os operadores e empilhadoras para gerir qualquer escassez de recursos que possam ocorrer num setor específico ou para uma tarefa específica; 
  • Facilitar o fluxo de operações de operadores de empilhadoras para evitar atrasos; 

Quando confrontado com problemas, identificam a causa e redefinem as prioridades em tempo real para resolver a situação. 

A ideia é poder planear e acompanhar o andamento das tarefas e garantir que as operações diárias sejam realizadas sem problemas, mas também evitar que surjam obstáculos. 

O WMS da Generix Group

Em resposta às preocupações dos chefes de armazém, a Generix Group atualizou a sua solução de gestão de armazém (WMS) para fornecer uma interface mais fácil de usar para a gestão ideal das operações. Como tal, a solução otimiza a gestão de recursos e detecta interrupções em tempo real para resolver a situação o mais rápido possível, mesmo em tempo real. 

Cada tarefa atribuída aos operadores de empilhadora é registada num painel e atribuído um coeficiente de prioridade para fornecer uma visão geral das tarefas de acordo com o seu grau de urgência. Quando o grau de prioridade de uma tarefa é alterado, a ordem das tarefas é revista para alocar recursos disponíveis para as operações mais urgentes. Se necessário, pode fazer alterações em massa nas prioridades.