Que tipo de tecnologia permite melhorar a rastreabilidade logística?

Publicado a 14 Janeiro 2022

rastreabilidade_logistica
generix_group
Redigido
por
Generix Group
Categorias
Análise de Dados

A rastreabilidade é a capacidade de acompanhar um produto em todas as etapas da cadeia, desde a sua fabricação inicial até à sua distribuição final. O objetivo é recolher o máximo de informação possível em toda a cadeia de abastecimento. Pode incluir informações sobre a sua fabricação, distribuição ou consumo. Os problemas de rastreabilidade afetam todas as áreas de atividade (alimentar, industrial, farmacêutica, eletrónica, etc.). Conheça as ferramentas essenciais para melhorar a rastreabilidade, desde as tecnologias mais básicas até às mais completas.

Solução
generix_tms_gestion_du_transport

Software Gestão de Transportes (TMS)

Consulte a página dedicada para conhecer todas as funcionalidades e muito mais SABER MAIS
generix_group_wms

Software Gestão de Armazéns (WMS)

Consulte a página dedicada para conhecer todas as funcionalidades e muito mais SABER MAIS
Siga-nos

Os sistemas de rastreabilidade mais comuns

  • Código de barras

É o método de identificação mais utilizado no mundo. O sistema utiliza uma linguagem que cria códigos únicos e identifica a mercadoria através de uma série de números e barras. Este código lê-se através de um leitor (portátil, leitor de caneta, leitor de laser).

  • Identificação por radiofrequência (RFID)

Este método é utilizado para armazenar e recuperar dados à distância através de marcadores denominados "etiquetas de rádio". A etiqueta RFID é capaz de transmitir dados utilizando ondas de radiofrequência e geralmente acende quando se aproxima de um leitor. Este método melhora significativamente a velocidade e precisão dos registos. As vantagens são uma maior vida útil, uma maior capacidade de armazenamento de informação e a leitura à distância.

Os sistemas mais avançados

  • Câmeras

A chegada de novas gerações de câmeras e dispositivos de imagem tornou as cadeias logísticas mais fluidas, principalmente com a incorporação da análise de vídeo. Este novo equipamento, que possui uma ampla área de cobertura visual, pode ler vários códigos de barras ao mesmo tempo e de diferentes ângulos, e até mesmo informações essenciais (logotipos que indicam produtos inflamáveis ​​ou perigosos). Isto facilita a rastreabilidade da passagem de um produto de uma fase para outra.

  • Sistemas de GPS

Este sistema de posicionamento funciona por satélite. Um receptor GPS ou beacon recebe sinais de vários satélites e compara as diferenças de tempo da sua chegada para determinar a sua localização. Este método adapta-se bem a ambientes exteriores. É muito adequado para a monitorização fora do site logístico, como por exemplo no caso de uma frota de veículos ou em locais onde é muito difícil instalar a infraestrutura.

  • Sistemas de realidade aumentada

Essas tecnologias de virtualização permitem sobrepor um grande número de camadas de informações digitais, como gráficos, coordenadas GPS, dados de texto ou vídeos. Permitem aos operadores observar um produto e recolher todas as informações das bases de dados. Estes sistemas podem ser utilizados ​​em vários suportes: smartphone, tablet, auriculares, óculos ...

A realidade aumentada permite, por exemplo, visualizar em tempo real a capacidade de armazenamento do armazém e otimizar o espaço disponível com base nos inventários realizados. As tecnologias 2D e 3D podem ser utilizadas para criar um plano de armazém virtual que determina os locais mais estratégicos para economizar espaço e reduzir custos.

Soluções colaborativas para rastreabilidade em toda a Cadeia de Abastecimento

As soluções WMS dedicadas à gestão e monitorização de armazéns e as soluções TMS dedicadas ao transporte, são ferramentas essenciais para conseguir uma rastreabilidade 360º. De facto, além de oferecerem as suas próprias funcionalidades, oferecem uma compatibilidade inigualável e permitem combinar a grande maioria das tecnologias.

Funcionalidades próprias

O sistema de gestão de armazém (WMS) proporciona uma visão geral em tempo real de todas as operações dos armazém. Já o sistema de gestão de transportes (TMS), oferece a possibilidade de acompanhar as operações desde a saída da mercadoria do armazém até à entrega aos seus clientes. Cada evento é integrado no sistema e verificado. Ao se verificar o risco de não cumprimento do prazo total, é acionado um alerta, permitindo assim uma reação muito rápida. Além disso, se ocorrer uma disputa ou avaria, é possível isolar o incidente e encontrar o erro para poder corrigi-lo. independentemente da situação, há sempre a possibilidade de informar os clientes em tempo real sobre o estado da entrega. 

A outra vantagem destas soluções é que os fornecedores estão constantemente a trabalhar na sua evolução: por exemplo, a Generix Group vai lançar uma nova aplicação para smartphones no verão de 2022 que enriquecerá a sua oferta de TMS. Isto permitirá às empresas responder aos desafios de rastreabilidade com maior precisão, pois poderão acompanhar as rotas dos seus motoristas e convidá-los diretamente a atualizar determinados dados, como o endereço de entrega do cliente, se estiver desatualizado. 

Compatibilidade com tecnologias de ponta

Além das suas funcionalidades próprias, as soluções colaborativas de gestão e supervisão de armazém e transporte podem combinar tecnologias tradicionais e mais complexas. Por exemplo, as câmeras acima descritas podem ser acopladas a sistemas de gestão de armazéns. Desta forma, o dispositivo pode determinar automaticamente o estado dos stocks, o peso de uma carga ou possíveis perigos, tudo com recurso a uma simples análise de imagens. Algumas câmeras podem até determinar as medidas exatas de uma parcela, o que permite ao software encontrar o melhor modelo para otimização do espaço.

Estas soluções podem ir muito mais além: os portais da oferta Supply Chain Visibility da Generix Group, desenhados para, entre outros, para os utilizadores do WMS e TMS, são enriquecidos com dados de tracking precedentes de tecnologias de parceiros, como a Shippeo, cujo algoritmo, que inclui 800 parâmetros, oferece uma visão de todos os fatores que podem influenciar a hora de chegada (regulamentação, meteorologia, trânsito, tempo de descanso dos motoristas). 
É de realçar que a estimativa de prazo de entrega tem 85% de precisão para entregas em 24 horas, e 90% para entregas estimadas em 12 horas.