E-commerce: A importância dos sistemas WMS para uma gestão eficiente dos armazéns

Publicado em 7 Outubro 2021

E-commerce-sistemas-WMS
Pedro_Gordo_generix
Pedro
Gordo
Supply Chain Business Manager na Generix Portugal
Categorias
Armazém
E-commerce
Tendências

No último ano e meio temos assistido a uma profunda transformação do mundo empresarial, a uma rápida transição das organizações para o mundo digital e a uma alteração significativa dos hábitos de consumo. O crescimento protagonizado pelo e-commerce é um sinal desta mesma transformação. De acordo com as previsões do estudo “Economia e Sociedade Digital em Portugal ”, divulgado no ano passado, o comércio eletrônico no segmento B2C (business-to-consumer) vai continuar a crescer e deverá atingir os 10,8 mil milhões de euros em 2025. A mesma tendência será sentida no segmento B2B (business-to-business), onde o comércio eletrônico deverá alcançar os 155,8 mil milhões de euros nesse mesmo ano.

Assegurar a competitividade das organizações

Esta mudança de paradigma obriga as empresas a serem cada vez mais ágeis e eficientes na gestão das suas operações e das suas cadeias de abastecimento para conseguirem corresponder às exigências crescentes dos consumidores e a um ecossistema empresarial cada vez mais concorrido. A chave para posicionar as empresas na linha da frente da competitividade está na adoção das ferramentas tecnológicas e de inovação que permitam às organizações uma gestão otimizada e eficiente das suas operações. E neste campo, destacamos a importância dos Softwares de Gestão de Armazéns, em inglês, Warehouse Management Systems (WMS).

Numa altura em que o e-commerce se expande e os prazos de entrega são cada vez mais curtos, é imperativo para uma empresa assegurar uma gestão rigorosa dos seus armazéns e garantir uma resposta, sem atrasos ou falhas, aos pedidos dos clientes. E é precisamente neste campo que os sistemas WMS se destacam. Estes sistemas permitem um controle total das operações de logística em armazém, através de processos automatizados e inteligentes, desde o momento em que uma mercadoria entra num armazém até à sua expedição.

Entre as principais vantagens destes sistemas destacam-se as seguintes:

  • Gestão mais eficiente dos estoques: Através da automatização de processos, os sistemas WMS garantem uma gestão mais eficiente dos estoques e inventários, bem como uma melhor otimização de todo o espaço disponível de armazenamento.
  • Obtenção de dados em tempo real: A visibilidade das operações é uma característica cada vez mais valorizada pelas empresas e os sistemas WMS permitem às organizações saberem em tempo real todas as informações essenciais sobre os estoques, movimentações, e outros aspectos.
  • Monitorização da performance logística (KPIS): A par da visibilidade, estes sistemas permitem também, através de módulos específicos, monitorar a performance logística das atividades do armazém. Através da formatação dos dados para análises e da apresentação de relatórios, os sistemas ajudam os gestores a identificarem possíveis ineficiências e eventuais melhorias que podem ser implementadas para garantir uma gestão de armazéns mais eficiente e produtiva.
  • Facilidade de integração, configuração e usabilidade: Trata-se de uma ferramenta que pode ser facilmente integrada com outros sistemas que as empresas utilizam, nomeadamente, com o ERP. Além disso, estes sistemas são, por norma, intuitivos e fáceis de usar, para garantir que todos os intervenientes nas operações logísticas do armazém consigam utilizá-los sem dificuldades.
  • Diminuição da probabilidade de erros e falhas: Ao permitir a automatização de processos, os sistemas WMS contribuem para a diminuição de falhas e para uma melhor otimização dos recursos humanos alocados à gestão dos armazéns.

Desta forma, os sistemas WMS assumem-se cada vez mais como uma ferramenta indispensável para as organizações gerirem de forma mais eficaz os seus armazéns, reduzindo custos e erros, assegurando uma maior rapidez na execução das operações e, em última instância, garantindo um melhor serviço ao cliente.

São ferramentas como estas que ajudam as empresas a navegarem neste novo ambiente empresarial em que vivemos, no qual o comércio eletrônico está desempenhando um papel catalisador na transformação dos modelos de negócio e nas cadeias de valor das empresas. Não tenho dúvidas de que a incorporação desta e de outras tecnologias será um fator crítico para o sucesso e elevar os níveis de competitividade das organizações neste contexto pós-pandemia.

VER SOLUÇÃO WMS