Profissionais de Marketing: e se o RGPD fosse uma oportunidade?

Publicado em 23 Janeiro 2018

rgpd_opportunites_marketeurs_generix - 1_0
avatar
Escrito
por
Generix Group
Categorias
Regulamentos
Omnichannel

Com a entrada em vigor do Regulamento Geral de Proteção de Dados, ou RGPD, em 25 de maio de 2018, os processos de marketing devem ser repensados integralmente no que se refere à noção de "consentimento". Mas e se, além de uma limitação, esse novo regulamento europeu fosse uma oportunidade para os profissionais de marketing mudarem de perspectiva? Generix responde a questão.

RGPD: o fim de uma "Big" ideia recebida

Ao longo dos últimos anos, os promotores do Big Data fizeram crer que a quantidade poderia superar a qualidade. A empresa vencedora seria forte com uma imensidade de dados que ela poderia explorar como quisesse… um dia! 

Os fatos provam que a acumulação não é suficiente, além disso, inúmeros dirigentes confessam não saber o que fazer com os dados colhidos. "Nós temos as ferramentas, nós temos a capacidade de cálculo e nós temos um volume importante de dados que ainda não sabemos como usar", reconheceu recentemente o Diretor de comércio vinculado a um grande grupo de varejo. Os elementos dispensáveis se tornam exceção e os tempos de conservação se prolongam. 

Com a regulamentação, "less is more" poderia se tornar o novo lema dos profissionais de marketing. O RGPD oferece, na verdade, uma oportunidade de fazer uma grande faxina e de rever a governança de dados. Sob essa ótica, as aplicações que permitem dispor de uma visão 360º do cliente e seguir os consentimentos facilitarão a vida dos profissionais de marketing. 

Leia também: RGPD: como processar dados pessoais em B2B? 

Uma alta do valor dos dados prevista

Com o RGPD, os profissionais de marketing irão dispor de uma massa de dados menos significativa sobre uma quantidade menos significativa de indivíduos. Devemos lamentar? De forma alguma! Podemos apostar que as campanhas de marketing perderão em alcance, mas compensarão amplamente pelo aumento significativo da performance. E isto, principalmente no nível do interesse do destinatário (abertura de um e-mail, taxa de clicks) e de sua interação com a mensagem (busca de informação, até o ato de compra). 

A questão que os profissionais de marketing devem, de início, se fazer é: é melhor falar a 100 pessoas e ser ouvido somente por 20 delas, ou falar diretamente e de forma personalizada a 10 pessoas que concordaram explicitamente em ser solicitadas por sua marca? 

Neste contexto, os dados recolhidos serão "consentidos", e o seu valor poderia aumentar substancialmente. Uma perspectiva que poderá, rapidamente, levantar a questão da monetarização dos dados… pelos próprios consumidores. 

Da limitação à oportunidade a ser aproveitada

Entre caixas de e-mail lotadas e excesso de solicitações, é preciso reconhecer que o modelo de marketing atual perde fôlego e incita os clientes ao desligamento. O RGPD oferece aos profissionais de marketing a oportunidade de mudar de prisma. 

Ao reequilibrar as relações de força entre a organizações que exploram os dados e as pessoas que lhes confiam tais dados, a legislação europeia impõe mais transparência para escolhas mais esclarecidas. Podemos apostar com convicção que, se o cliente aprecia uma marca e percebe vantagens, ele aceitará fornecer seus dados e autorizará o tratamento desses dados. Ele envia, assim, uma mensagem forte ao slogan e à marca. 

Mas quais serão os termos postos na balança dessa nova relação? No passado, os profissionais de marketing trabalhavam o valor do cliente: eles devem, a partir de agora, trabalhar seus valores e os de seus dados pessoais. Um novo paradigma que incita os profissionais de marketing, as consultorias em marketing e os novos profissionais a imaginar modelos inéditos de vantagens mútuas. 

A instauração do RGPD levará os profissionais de marketing a tratar dados em quantidades menos significativas, e que concernem prospectos mais qualificados. Entre a alta do valor dos dados e a mudança do modelo, há inúmeras transformações previstas. Mas tais transformações representam diversas oportunidades a serem aproveitadas pelos profissionais do setor. Para acompanhá-lo em sua compliance RGPD, confie  na Generix Group, líder em soluções e softwares Sales Marketing.

Fonte da imagem na primeira página: Pixabay – Nachrichten_muc