#RGPD e Marketing: uma obra dedicada aos profissionais de marketing

Publicado em 30 Abril 2018

rgpd_livre_marketing_generix_-_1
avatar
WRITTEN
By
Generix Group
Categorias
Omni channel Sales

O livro # RGPD e Marketing: da limitação à oportunidade é anunciado para o dia 7 de maio pela edição profissional E-thèque. Uma obra regida por Jean-Philippe Arroyo, Roselyne Sage e Sylvie Brunet, business developer na Generix Group. O objetivo: dar esclarecimentos sobre as mudanças provocadas pelo Regulamento europeu, do ponto de vista dos profissionais de marketing. Explicações. 

 

Uma abordagem inédita

No dia 25 de maio, o Regulamento Geral de Proteção aos Dados (RGPD) entrará na vida de 500 milhões de europeus para lhes dar novos direitos. Essas quatro letras auxiliam as empresas, orientam as estratégias de marketing baseadas em data client. 

A maioria das publicações sobre o RGPD focam nos aspectos jurídicos ou informáticos dessa nova regulamentação e propõem metodologias muitas vezes distantes dos programas de marketing. # RGPD e Marketing: da limitação à oportunidade traz para os atores do comércio práticas operacionais e um contexto de reflexão sobre um marketing reinventado pós-RGPD. 

Leia também: Profissionais de marketing: e se o RGPD fosse uma oportunidade? 

As empresas do comércio em primeira linha

Os profissionais de data client deverão lidar com clientes que querem exercer seus direitos a partir da implementação do Regulamento. Não se trata de evitar os raios do legislador, mas de reagir a situações práticas: reações de clientes, prospectos, parceiros, impactos imediatos sobre o negócio, etc.  

Ao longo dos anos, o excesso de solicitações de marketing e o aumento do cybercrime deterioraram a relação de confiança entre as marcas e seus clientes. A atualidade recente sobre o Facebook somada à divulgação na mídia do RGPD correm o risco de acender a faísca que irá desencadear a ação dos consumidores a partir de 25 de maio. 

Este livro se dirige aos profissionais da relação com o cliente, do CRM, das vendas digitais ou físicas, aos DSI ou ainda aos chefes de projeto preocupados em antecipar as reações dos clientes e prospects, qualquer que seja o nível de avanço da implementação global do regulamento de suas empresas e em busca de pontos de referência. 

O programa #RGPD e Marketing 

A obra decodifica os artigos do Regulamento sob uma perspectiva operacional, a fim de tirar conclusões para os ramos do marketing: os pontos que prolongam a Lei Informática e Liberdade, as novidades, os elementos de vigilância, as proibições. As boas práticas já elencadas permitem ganhar tempo: os modelos ligados a campanhas de e-mail, as precauções em torno da coleta de dados, as obrigações referentes à criação de perfil... 

O livro traz respostas aos inúmeros dilemas levantados pelo texto: a coleta de consentimentos é o único caminho para minhas operações de marketing? Como revisar a cooperação com meus subcontratados? O que fazer se meu CRM é baseado fora da Europa? A obra propõe também um "kit de sobrevivência" para responder aos clientes que desejarem exercer seus novos direitos… 

Em direção a um marketing reinventado

E se o RGPD prefigurasse um novo ciclo do marketing? Os temas da cyber criminalidade, da inteligência artificial ou da monetarização dos dados se colocam à mesa do marketing e abalam a relação com o cliente. 

As novas estratégias baseadas na confiança, na transparência se configuram para levar em conta as figuras impostas pelo Regulamento. Os contornos de um marketing "privacy friendly" estão se desenhando… Esta exploração inteligente e respeitosa dos dados pessoais permite modernizar os processos e imaginar um marketing capaz de (re)fundar a relação com o cliente. Longe de interromper os negócios, o RGPD oferece às empresas do Comércio uma oportunidade: construir uma nova relação com o consumidor mais alinhado com o sentido da história. 

Uma escrita colaborativa

# RGPD e Marketing: da limitação à oportunidade foi co-redigido por três profissionais especialistas do setor de distribuição: Roselyne Sage, Diretora de Marketing, Jean-Philippe Arroyo, advogado da ordem de Paris e Sylvie Brunet, especialista em TI.  

A obra conjunta, assim, as abordagens complementares indispensáveis à implementação do Regulamento: 

"Nós examinamos conjuntamente as implicações concretas do texto para o processo das ações de marketing. Ao adotar hábitos dos profissionais de marketing, propomos abordagens facilitadoras e úteis (assim esperamos) a fim de converter as obrigações em oportunidades de negócios. O marketing pós-RGPD se insere na lógica da evolução do comércio.

Sobre o mesmo tema: RGPD et traitement des données personnelles en B2B 

Publicado pela editora e-thèque, a obra #RGPD e Marketing: da limitação à oportunidade está disponível em pré-venda. Você é um profissional de marketing, DPO, responsável de TI, e será impactado pela nova regulamentação europeia? Encomende seu exemplar! 

ENCOMENDAR

Fonte da imagem na primeira página: Pixabay – Mohamed_Hassan